Novo: Experimente o meu bot de IA novo filme

O Metaverso... pior do que as redes sociais? Comentários de Gerd sobre um excelente artigo de Louis Rosenberg no Big Think

Num artigo recente sobre Grande Pensamento Louis Rosenberg (o inventor da realidade aumentada) avisa que pode ser muito pior do que as redes sociais". I não podia estar mais de acordo.

"Isto significa que a RA, mais do que qualquer outra forma de media até à data, tem o potencial de alterar o nosso sentido da realidade, distorcendo a forma como interpretamos as nossas experiências diárias directas. Num mundo aumentado, o simples facto de andar na rua tornar-se-á uma amálgama selvagem do físico e do virtual, fundidos de forma tão convincente que as fronteiras desaparecerão nas nossas mentes. O que nos rodeia ficará repleto de pessoas, lugares, objectos e actividades que não existem na realidade e que, no entanto, nos parecerão profundamente autênticos." Ler mais via Grande Pensamento

"Imagine-se a andar pela rua na sua cidade natalA vida é uma vida de informação, de olhares casuais para as pessoas que passamos no passeio. É muito parecido com hoje, só que a flutuar sobre as cabeças de cada pessoa que vemos estão grandes bolhas brilhantes de informação. Talvez a intenção seja inocente, permitindo que as pessoas partilhem os seus passatempos e interesses com todos os que as rodeiam. Agora imagine que terceiros podem injetar o seu próprio conteúdo, possivelmente como uma camada de filtro paga que só certas pessoas podem ver". Via Grande Pensamento

"Com a RA, as informações pessoais seguir-nos-ão para todo o lado, expondo os nossos comportamentos e reduzindo a nossa privacidade. Isto fará do mundo um lugar melhor? Não me parece, mas é para onde estamos a ir". Via Grande Pensamento

"Mas a RA também nos tornará ainda mais dependente das camadas insidiosas da tecnologia que medeiam as nossas vidas e os agentes de poder que controlam essas camadas. Isto vai deixar-nos cada vez mais susceptíveis a manipulações e distorções por parte daqueles que podem dar-se ao luxo de puxar os cordelinhos". Via Grande Pensamento

"Uma mulher de 50 anos com um avatar de Barbie vai diretamente da sua casa de sonho no Second Life para a boutique de RV da Sephora.com, onde compra rímel digital com o ouro ganho no World of Warcraft."

em 'The Metaverse Is Simply Big Tech, but Bigger' É uma reformulação do poder e do alcance crescentes de Silicon Valley. E é feito para empresas, não para pessoas. Via Com fio

No capítulo 6 do meu livro "Tecnologia vs Humanidade" Falo da "explosão mágica":

Quando aquilo a que gosto de chamar o quociente mágico for aumentado exponencialmente, estes problemas até agora latentes no que respeita ao abuso ou à má utilização de uma dada tecnologia tornar-se-ão novamente ampliados - talvez exponencialmente -, gradualmente e depois subitamente. Embora continue otimista quanto à nossa capacidade colectiva de canalizar o poder das tecnologias exponenciais, também me preocupa o facto de, em quase todos os casos de mudança exponencial e combinatória, existir um risco real de passarmos de mágicos a maníacos e a tóxicos num espaço de tempo muito curto.

A propósito: pode agora ouvir e descarregar este capítulo em MP3, nas 3 línguas diferentes, ver abaixo.

Se gostar, considere a possibilidade de comprar o ebook ou o audiobook através da Payhip (ENG, ES, PT e FR). ou através de Scribdou, claro, em AMAZON:). Também pode deixar um comentário na página do livro no Good Reads.

ENGLISH

Descarregar gratuitamente no SoundCloud

PORTUGUÊS

Descarregar gratuitamente no SoundCloud

ESPANHOL

Descarregar gratuitamente no SoundCloud

9696

Vistas


Etiquetas

boletim informativo

* indica a necessidade
último livro