Novo: Experimente o meu bot de IA novo filme

Junte-se a mim no GerdTalks#9 26 de maio às 18h CET. Novas realidades: AR, MR, VR e o Metaverso.

Novas realidades: AR, MR, VR e o Metaverso. Céu ou Inferno?

Desde o início da Internet, o conceito de "ciberespaço" e de "mundos em linha" tem sido um tema constante e objeto de inúmeros enredos famosos de ficção científica, bem como a missão ambiciosa de inúmeras empresas em fase de arranque. A promessa básica da RV é a possibilidade de habitar (ou.... viver?) num "mundo de fantasia" digital em 3D, totalmente personalizável e sem limites, onde tudo é possível, sem restrições de natureza física, localização ou regulamentação - do Second Live ao The Sims, ao Roblox, ao Fortnite, ao Facebook Horizons e ao Microsoft Mesh e à vaga de recentes Metaverso projectos. Esta é uma ideia realmente tentadora e poderosa - mas até que ponto é real, e será maioritariamente o céu... ou não? E dado que estamos a viver na era dotudo exponencial', a ficção científica é cada vez mais se torna um facto científico...parece que sim 🙂

Mas até que ponto a RV é viável, para as empresas ou para os consumidores, e é realmente compatível com os cérebros (e corpos) humanos - ou é tão deslumbrante mas também tão irrealista como o movimento perpétuo? E será a Realidade Aumentada/Mista mais viável? e mais humanamente sustentável?

A VIRTUALIDADE, sob qualquer forma, seja ela AR (realidade aumentada), VR ou MR (realidade mista), parece ter deixado de ser, de repente, o domínio exclusivo dos jogadores hardcore. Pelo contrário, está a ser apresentada como uma espécie de próxima edição da Internet (móvel), um próximo passo na evolução da Web (web3 + NFTs ++ etc.). Embora, atualmente, a RV ainda esteja muito atrasada devido ao elevado custo dos dispositivos adequados e aos problemas de largura de banda ou de capacidade de computação, o burburinho está a atingir proporções semelhantes às da corrida ao ouro.

Estamos a dar um salto para o futuro - gradualmente, depois de repente é o novo normal. E, no entanto, será que a vida virtual vai melhorar a nossa vida real ou vamos simplesmente desaparecer em simulações emocionantes?

Em este episódio de GerdTalksNo meu artigo, abordarei tanto os aspectos positivos, ou seja, os aspectos possivelmente "celestiais" deste desenvolvimento, como os negativos, ou seja, as armadilhas mais "infernais" que podem ocorrer se não tivermos cuidado (ver os actuais debates sobre desinformação nas redes sociais), e descreverei o que tudo isto significa para os profissionais de marketing, as comunicações, o comércio eletrónico e as empresas, bem como para a vida em geral, nos próximos 5-7 anos. Examino o conceito de Metaverso de vários ângulos, e fará algumas recomendações sobre como participar (ou não).

Farei uma apresentação de 15 minutos e, em seguida, responderei a perguntas em direto através do LinkedIn e do YT, bem como trarei alguns convidados especiais. O evento será transmitido em direto através de LinkedIn, Youtube, Twitch/Twitter e muitas outras plataformas, bem como em o meu sítio Web. Inscreva-se no Eventbrite para receber actualizações por correio eletrónico.

Para ver antes, consultar http://www.themetaperverse.com e http://www.gerdtalks.com

Não se esqueça de ver esta conversa sobre GerdTalk no MetaPERverse

9346

Vistas


Etiquetas

boletim informativo

* indica a necessidade
último livro